Sábado, 2 de Maio de 2009

 

 

 

...lhe sopraria bolhas todas as manhãs e junto com elas milhões de beijinhos dos quais sentiria falta depois. Deixaria que tocasse acordeon e fizesse todo o barulho possível pra me mostrar que jamais estaria sozinha. Fecharia seus olhos por segundos pra que apenas sentisse a importância que tem em minhas horas e o doparia de chocolates com recheio de ameixas.

De tarde me afastaria dos seus sonhos e o permitiria me procurar incansavelmente. Consertaria seu relógio de pulso mesmo sabendo que dali viria o fim dos nossos planos.

No jantar lhe serviria pedacinhos de goiabada açucarados pra sobrepor qualquer doçura que o longo dia tenha levado e lhe beijaria a ponta dos dedos como se todas as bençãos do universo viessem do seu toque. Ao fim da noite nos abraçaríamos no sofá esperando o sono que nem sempre viria e, enquanto embaraço seus cabelos, faria promessas de dias intensos que jamais amanheceriam, contaria contos de borboletas sem asas e esperaria que seu sorriso viesse, mesmo que fosse o primeiro e último de toda a vida.


tags:

publicado por Cultivando Pés de Vento... às 08:37 | link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Parte Desnecessária
Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
27

28
29
30


posts recentes

...

Que música do Los Hermano...

...

'-'

Amor Feinho

Sei...

Se pudesse, esse amor tod...

Finalmente chegou...

...

Se ele ficasse comigo...

arquivos
tags

amor

bom

bruxaria

carpinejar

celta

chocolate

cinema. blogagem coletiva

esquecer de novo!

fofo

guitar hero

los hermanos

marvin gaye

ócio

olhar

preguiça

sexo

signos

wicca

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds